Cinco fábricas de processamento de produtos agrícolas arrancam em Inhambane no primeiro semestre

11 January 2007

Inhambane, Moçambique, 11 Jan – Cinco fábricas de processamento de produtos agrícolas poderão entrar em funcionamento no primeiro semestre do corrente ano na província de Inhambane, segundo escreve hoje o jornal Notícias, de Maputo.

Já em Março deverá entrar em laboraçao em Inharrime uma fábrica de sumos de tangerina e laranja produzidos no sul de Inhambane. O equipamento para a fábrica proveniente da Índia, e que representa um investimento de 130 mil euros, está em fase final de montagem.

Para Abril está prevista a entrada em funcionamento de uma fábrica de fruta seca de cajú em Inharrime.

O director provincial de agricultura de Inhambane, Gabriel Belém Monteiro, revelou ainda que no sul da província vai iniciar-se este ano a montagem de uma fábrica de garrafas para o acondicionamento de sumos e piripiri produzido na zona de Nhacoongo.

De acordo com Belém Monteiro está igualmente em curso um estudo para a reabilitação da fábrica de descarroçamento de algodão em Jangamo que se encontra paralisada.

A entrada em funcionamento das unidades criará 600 postos de trabalho.

Com o objectivo de melhorar a produção está prevista a irrigação das zonas de Govuro e Mabuto, junto ao rio Save, num empreendimento estimado em 12 milhões de dólares dos quais nove milhões suportados pelo Banco Árabe de Desenvolvimento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH