Empresa chinesa conclui em Maio barragem das Granjelas, em Angola

17 January 2007

Lubango, Angola, 17 Jan – A empresa chinesa Sino-hydro Corp dará por concluída em Maio a construção da barragem das Ganjelas, município da Chibia, 45 quilómetros a sul do Lubango, província da Huíla, afirmou terça-feira em Lubango o director provincial da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Lutero Campos.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop, Lutero Campos disse que as obras, cujo termo da primeira fase estava previsto para este mês, prolongaram-se para mais quatro meses, por razões de ordem técnica.

Disse ainda que o adiamento vai facilitar a instalação de uma hidroeléctrica na barragem, bem como de outras estações de bombeamento ao longo dos seus dois canais, com uma extensão de 25 quilómetros, na totalidade.

O responsável salientou que a hidroeléctrica a ser instalada vai alimentar as estações de bombagem do projecto, bem como as câmaras frigoríficas, que serão instaladas na circunscrição, para conservar a produção do perímetro.

As obras de reconstrução da barragem das Ganjelas na Chibia tiveram início em Novembro de 2006.

A Sino-hydro Corp., o maior grupo de construção de projectos hidráulicos e hidroeléctricos da China, é uma “holding” pública com 17 empresas e 8 “sub-holdings” ccontroladas a 100 por cento em diversas zonas do país, dispondo já de escritórios de representação e subsidiárias em diversos países estrangeiros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH