Chevron Texaco anunciou descoberta de petróleo em São Tomé e Príncipe

22 January 2007

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 22 Jan – A petrolífera norte-americana Chevron Texaco anunciou a descoberta de petróleo, mas ainda sem garantia comercial, num bloco situado na zona conjunta entre São Tomé e Príncipe e a Nigéria.

O anúncio foi feito este fim-de-semana na capital de São Tomé pelo representante da Chevron Texaco, Tim Parsons, no final de uma audiência com o presidente de São Tomé e Príncipe, Fradique de Menezes, no âmbito deste processo de exploração petrolífera.

No balanço de uma primeira perfuração feita no referido bloco petrolífero, Tim Persons sublinhou que “a quantidade de petróleo descoberta ainda não justifica uma produção comercial”.

Adiantou que a Chevron Texaco efectuará “dentro de pouco tempo” outros furos, de modo a efectuar uma avaliação global sobre a potencialidade comercialo do bloco.

Em Maio de 2006, a Chevron Texaco já havia anunciado que foram encontrados neste bloco um acumulativo total de pelo menos 150 pés (45 metros) de hidrocarbonetos.

O bloco denominado de Ôbo (floresta em crioulo são-tomense) está localizado a uma profundidade de 1720 metros (5.640 pés) no mar e a operação de perfuração foi concluída em 63 dias, a 15 de Março de 2006, num orçamento de 37 milhões de dólares.

Com uma participação de 51 por cento, a Chevron Texaco conta com a parceria da outra norte americana, a Exxon Mobil com 40 por cento e a Dongote Energy Resource, um consórcio nigeriano e norueguês com nove por cento.

Adjudicado em 2003, o bloco “Obô” custou à Chevron Texaco e parceiros 123 milhões de dólares por bónus de assinatura de contrato.

Assinado em Fevereiro de 2001, o tratado de exploração conjunta entre São Tomé e Príncipe e Nigéria estabelece 60 por cento de receitas para os nigerianos e 40 para o arquipélago são tomense. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH