Grupo holandês vai construir terminal de gás no Soyo, Angola

24 January 2007

Amesterdão, Países Baixos, 24 Jan – O grupo holandês de dragagens Royal Boskalis Westminster NV anunciou ter ganho um contrato de 300 milhões de euros para construir um terminal de gás natural liquefeito no porto de Soyo, em Angola.

De acordo com o sítio da empresa, o contrato envolve a construção de um aterro e a dragagem de um canal de acesso e será levado a cabo em “joint-venture” 50/50 com a empresa de dragagens Jan de Nul devendo os trabalhos ficarem completados em finais de 2008.

O canal de acesso representará a remoção de 26 milhões de metros cúbicos de sedimentos, 5 milhões dos quais serão utilizados na construção de um aterro com 140 hectares onde o terminal de gás será construído.

O Royal Boskalis Westminster NV é um grupo especializado na construção e manutenção de portos e canais, construção de aterros e defesa costeira e opera em cerca de 50 países.

O Soyo, antiga Santo António do Zaire, é uma cidade na margem direita do rio Zaire junto à foz e dispõe de um grande porto no Oceano Atlântico.

A região com o mesmo nome é a segunda maior produtora de petróleo de Angola com cerca de 700 mil barris por dia. (macahub)

MACAUHUB FRENCH