Portugal e China criam grupo de trabalho para promover o investimento bilateral

31 January 2007

Pequim, China, 31 Jan – Os primeiros-ministros de Portugal, José Sócrates e da China, Wen Jiabao, assinam hoje em Pequim um acordo para a constituição de um Grupo de Trabalho sobre Investimento Bilateral, decidida terça-feira durante a reunião da Comissão Mista Económica Luso-Chinesa.

Fonte do gabinete do gabinete do secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, Fernando Serrasqueiro, disse à agência noticiosa portuguesa Lusa que o objectivo do grupo de trabalho será o de identificar “oportunidades de investimento chinês em Portugal e vice-versa”.

Yu Guangzhou, vice-ministro do Comércio chinês, propôs ainda durante a reunião da 6ª Comissão Mista Económica a assinatura de um Memorando de Entendimento para enquadrar futuras acções de cooperação entre pequenas e médias empresas de Portugal e da China.

Lisboa vê com bom olhos a proposta chinesa, “até porque se insere na política governamental de apoiar as pequenas e médias empresas portuguesas”, de acordo com o gabinete de Fernando Serrasqueiro.

Durante o encontro, Fernando Serrasqueiro defendeu a criação de uma linha de crédito específica para bens de consumo e operações de curto prazo, dentro da linha de crédito já existente, no valor de 200 milhões de dólares para estimular as exportações portuguesas para a China.

O secretário de Estado “manifestou também o interesse em estabelecer parcerias com a China para a abordagem a outros mercados, através de candidaturas conjuntas a concursos públicos e a projectos financiados internacionalmente, em especial nos países de língua portuguesa”, adianta o mesmo comunicado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH