Portugal e Cabo Verde juntos na defesa de estatuto especial do arquipélago junto da União Europeia

2 February 2007

Cidade da Praia, Cabo Verde, 02 Fev – Cabo Verde e Portugal decidiram elaborar um plano de acção para a obtenção pelo arquipélago de um estatuto especial junto da União Europeia (UE), afirmou quinta-feira à Rádio de Cabo Verde o embaixador cabo-verdiano em Portugal, Arnaldo Andrade.

O embaixador precisou que a decisão foi tomada terça-feira em Lisboa, na sequência de uma reunião tripartida entre representantes da Comissão Europeia, de Cabo Verde e de Portugal, para debater a parceria especial que o arquipélago pretende estabelecer com os 27 países da UE.

Arnaldo Andrade disse ainda que o plano de acção, que será submetido à Comissão Europeia, constitui “um primeiro passo concreto” em direcção à parceria, uma vez que, “pela primeira vez, avançamos algo em concreto, para além das declarações”.

O diplomata cabo-verdiano reconheceu que o processo vai ser moroso uma vez que não há nenhum quadro jurídico pré-existente para que um país fora do espaço geográfico do continente europeu possa ter um estatuto especial no seio dessa comunidade.

Arnaldo Andrade recordou, no entanto, que os governos de Portugal, Espanha e Luxemburgo manifestaram o seu apoio à concessão do estatudo especial a Cabo Verde e queoutros países da UE também demonstraram disponibilidade em cooperar nesta matéria.

O embaixador adiantou que tanto em Bruxelas, sede da UE, como em Estrasburgo, sede do Parlamento Europeu, os diplomatas cabo-verdianos têm mantido encontros bilaterais para apresentar aos países membros os projectos da parceria especial e que os partidos portugueses com assento no Parlamento Europeu têm levado a cabo várias iniciativas para promover a atribuição a Cabo Verde do estatuto especial na UE. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH