Casino Sands de Macau representa mais de metade dos ganhos da Las Vegas Sands

7 February 2007

Macau, China, 07 Fev – O casino Sands, em Macau, foi responsável por 58,75 por cento dos ganhos operacionais da Las Vegas Sands, refere o relatório da empresa divulgado na noite de segunda-feira nos Estados Unidos.

De acordo com os mesmos dados, os ganhos operacionais do casino Sands, o maior espaço de jogo do mundo, atingiram 413 milhões de dólares contra 289,9 milhões de dólares do The Venetian, em Las Vegas.

O relatório da empresa norte-americana, a operar em Macau desde 2004, refere também que no último trimestre do ano as receitas líquidas do casino de Macau aumentaram 27,1 por cento para um total de 343,3 milhões de dólares, o que traduz cerca de 54 por cento do total de 636 milhões de dólares apurados pela companhia.

Em 2006, o sector do jogo gerou em Macau receitas brutas de 55.884 milhões de patacas, receita que poderá crescer em 2007 para um valor aproximado entre 65.000 e 70.000 milhões de patacas.

A Administração de Macau cobra 35 por cento de impostos directos sobre as receitas brutas, cerca de quatro por cento de impostos indirectos e ainda uma série de taxas por licença, mesas e slot machines.

Macau tem actualmente 24 casinos – a partir de domingo, dia 11, terá 25 com a abertura do Grand Lisboa, de Stanley Ho – que disponibilizam 2.762 mesas de jogo e 6.546 slot machines, número que em 2007 deverá aumentar significativamente com a abertura de novos empreendimentos como o Grand Lisboa, o Venetian, o Crown Macau e o MGM.

O sector do jogo em Macau é explorado por três concessionários e três subconcessionários com o magnata Stanley Ho a dominar a maior parte das salas de jogo e a manter interesses directos num concessionário e interesses indirectos em dois subconcessionários. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH