Transportadora aérea portuguesa aumenta número de passageiros nos voos para África

8 February 2007

Lisboa, Portugal, 08 Fev – A transportadora aérea portuguesa TAP – Air Portugal registou um aumento de quase 20 por cento no número de passageiros nas suas rotas africanas em 2006 bem aguardando a empresa actualmente autorização para aumentar a frequência dos voos.

Fonte da empresa, citada pela agência noticiosa portuguesa Lusa, revelou que as receitas das sete rotas africanas (Luanda, Maputo, Joanesburgo, Bissau, Praia, São Tomé e Dakar, no Senegal), cresceram acima da média do grupo, tendo reforçado de 12 para 13 por cento o peso nas receitas totais, o que representa pertom de 169 milhões de euros.

Nas sete rotas mencionadas foram transportados no ano passado 380 mil passageiros, um acréscimo anual de 19,8 por cento, com as operações de Luanda e Maputo a serem as mais importantes.

Nestas duas rotas, salientou a mesma fonte, “há condições para atrair tráfego que sustente novos voos”, sem prejuízo da ocupação dos aviões.

Para Luanda e Maputo, a transportadora pretende fazer um voo diário, quando hoje faz, respectivamente, quatro e cinco semanais, mas precisa de autorização local, que actualmente se aguarda.

No ano passado, a transportadora aumentou em um voo semanal as ligações a Luanda e Maputo, e ainda assim registou-se um crescimento da taxa média de ocupação dos voos (“load factor”) nas rotas africanas, de 73 para 75 por cento.

Quanto a Bissau e São Tomé, para onde a TAP voa uma vez por semana, um aumento de frequência é “uma possibilidade que pode ser vista, mas não é daqui que se espera grande aumento da procura”, adiantou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH