Visita de Hu Jintao a Moçambique encerrou com apoio chinês ao sector agrícola

12 February 2007

Maputo, Moçambique, 12 Fev – O presidente da China, Hu Jintao, anunciou no final da sua visita de 24 horas a Moçambique que Pequim vai enviar 10 técnicos e máquinas agrícolas ao longo dos próximos três anos e prometeu dar formação a 100 técnicos agrícolas moçambicanos.

O anúncio foi feito no final da visita, no momento em que Hu Jintao e o seu congénere moçambicano, Armando Guebuza, inauguravam, em Maputo, um Centro de Técnicas Agrícolas da China.

A cooperação – a que reiteradamente Hu Jintao acrescentou o adjectivo “pragmática” – foi aliás o tema que mais se falou ao longo das cerca de 24 horas que o chefe de Estado chinês permaneceu em Moçambique.

Na quinta-feira, numa cerimónia que decorreu no palácio presidencial, foram assinados diversos acordos de cooperação, totalizando 230 milhões de dólares, incluindo o perdão da dívida de Moçambique à China, no valor de cerca de 20 milhões de dólares.

Ao mesmo tempo que viu a sua dívida anulada, Moçambique passou a poder recorrer a novos empréstimos de Pequim, tendo sido anunciado um novo crédito de cerca de 40 milhões de dólares a conceder pelo banco chinês Eximbank, instituição governamental de exportações e importações.

Também em Moçambique, o mesmo Export-Import Bank of China disponibilizou já no ano passado o correspondente a 1,5 mil milhões de euros para financiar a construção da barragem de Mpanda Nkua, a segunda a implantar no Rio Zambeze, a juzante de Cahora Bassa.

Em paralelo, foi aberta a possibilidade de Moçambique recorrer a outro empréstimo preferencial chinês no valor de 150 milhões de dólares para financiar projectos elegíveis no âmbito da cooperação bilateral no período 2007-2009.

Durante a estada de Hu Jintao foram ainda rubricados acordos para o fin anciamento pela China da construção do futuro Estádio Nacional de Moçambique bem como para o aumento de produtos moçambicanos que beneficiarão da isenção de taxas à entrada na China – dos actuais 190 para 442 – e a categoria de bens a serem vendidos à China livres de qualquer encargo.

A construção de duas escolas rurais de ensino técnico-profissional faz em também parte do pacote de compromissos assumidos pelos dois países. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH