China vai necessitar de 3.000 aviões de passageiros e de carga até 2025, afirma Airbus

15 February 2007

Toulouse, França, 15 Fev – A China vai necessitar de 3.000 aviões de passageiros e de carga até 2025, afirma o construtor aeronáutico europeu Airbus em comunicado divulgado na sua página electrónica.

De acordo com a empresa, dos 3.000 aviões necessários 2.650 serão de passageiros e representarão um investimento de 289 mil milhões de dólares.

A Airbus diz ainda que a frota de aviões de passageiros da China triplicará nos próximos 20 anos, passando de 760 aparelhos no final de 2005 para 2.700 em 2025.

A carga aérea deverá crescer seis vezes necessitando a China de 400 aviões de carga nos próximos 20 anos, com a carga doméstica a crescer à média anual de 10,9 por cento e a carga internacional 8,9 por cento.

Falando da presença da Airbus no mercado chinês, John Leahy, presidente da Comissão Executiva, afirma que depois de a quota de mercado ter crescido de 7 por cento em 1995 para os actuais 35 por cento, o objectivo da Airbus é alcançar 50 por cento do mercado chinês em 2011. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH