Petrobras pretende aumentar a sua presença em Angola

16 February 2007

São Paulo, Brasil, 16 Fev – A estatal brasileira Petrobras pretende aumentar a sua actividade internacional e Angola é um dos alvos dessa estratégia, afirmou quarta-feira em São Paulo o director financeiro da petrolífera, Almir Barbassa.

“É certo que queremos crescer na área internacional. Angola tem uma geologia parecida com a do Brasil e também fala a língua portuguesa. A Petrobras tem todas as condições para crescer em Angola”, afirmou durante uma conferência de imprensa para apresentar o balanço de 2006.

A estatal brasileira está em Angola desde 1979, mas, de acordo com Barbassa, o seu único bloco de actuação naquele país africano tem uma produção em declínio.

“O bloco 2 já produzia quando entramos lá. Hoje, mais de 20 anos depois, está no fim da vida”, comentou.

“Angola tem aumentado a sua produção, muitas empresas têm tido sucesso e nós queremos estar lá com mais força. Por isso, adquirimos o direito exploratório de outros quatro blocos”, destacou, fazendo menção a um acordo assinado com as autoridades angolanas em Novembro de 2006.

O director financeiro da Petrobras disse que, no entanto, não há nada de novo relativamente ao mercado angolano e acrescentou que quaisquer novas aquisições vão depender da análise dos blocos oferecidos.

A Petrobras anunciou que teve lucro recorde, de 25,9 mil milhões de reais no ano passado, uma alta de 9 por cento sobre os resultados de 2005. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH