Empresa Nacional de Electricidade de Angola alarga negócio da energia a privados

26 February 2007

Luanda, Angola, 26 Fev – A Empresa Nacional de Electricidade (ENE) de Angola vai abrir, em breve, oportunidades de negócio da energia aos empresários nacionais que estejam interessados em investir nas áreas de produção, transformação, distribuição e comercialização.

De acordo com o Jornal de Angola, o anúncio foi feito pelo presidente do Conselho de Administração da ENE, Eduardo Nelumba, à margem de um seminário realizado sexta-feira em Luanda.

O projecto enquadra-se no processo de reestruturação levado a cabo desde 2002 no sentido de separar os quatro sectores que actualmente estão sob gestão da ENE.

Especialistas ligados à empresa estão já a realizar estudos com objectivo de avaliar os custos de cada um dos sectores, para permitir que os clientes possam ter noção de quanto gastam com o consumo de energia.

Ainda assim, a empresa tem previsto um programa de actividades destinadas ao melhoramento da produção, distribuição e fornecimento de energia eléctrica à população, até 2007.

O programa prevê o aumento das linhas de transportes entre Capanda (província de Malanje) e Cambambe (Kwanza-Norte) e vice-versa, criação de uma nova sub-estação no projecto Luanda Sul, ampliação das sub-estações do Cazenga e Viana, bem como uma linha para alimentar a cidade de Caxito, província do Bengo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH