Programa Integrado do Sistema de Estradas lançado oficialmente em Maputo

1 March 2007

Maputo, Moçambique, 01 Mar – O governo de Moçambique e alguns parceiros da cooperação lançaram oficialmente quarta-feira em Maputo o Programa Integrado do Sistema de Estradas (Prise) que visa assegurar o crescimento e a manutenção da rede viária do país.

Este programa, que cobre o período 2007 a 2009, deverá ter início ainda no primeiro trimestre do ano e representará para o Estado moçambicano um esforço financeiro de 30 por cento do seu valor global, a ser assegurado através do Fundo de Estradas.

Na ocasião, o ministro das Obras Públicas, Felicio Zacarias, disse que o programa, orçamentado em mais de mil milhões de dólares, exige a reestruturação da Administração Nacional de Estradas (ANE), tanto a nível central como provincial.

A reforma da ANE inclui a nomeação de um novo Conselho de Administração e a selecção, através de concurso público, de um director executivo. Os directores técnicos serão igualmente seleccionados por concurso público.

A formulação do programa envolveu o governo e os países doadores e engloba a construção, reparação e manutenção de estradas e de pontes, o desenvolvimento de projectos para testar materiais de baixo custo e o lançamento de uma campanha de segurança rodoviária.

Em termos de reparação, o destaque vai para alguns troços da Estrada Nacional 1 que estebelece a ligação entre Sul, Centro e Norte do país, que não foram contemplados nas obras até então em curso, bem como a estrada Beira-Machipanda (centro).

O Programa Integrado do Sistema de Estradas foi concebido no âmbito da Estrategia do Sector de Estradas, que cobre o período 2007 a 2011. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH