Empresa Mineira Macarthur estuda projectos de exploração de carvão em Moçambique

2 March 2007

Melbourne, Austrália, 01 Mar – A empresa mineira australiana Macarthur Coal está a analisar projectos em Moçambique, entre outros países, a fim de aumentar as suas reservas, afirmou quinta-feira em Melbourne o presidente executivo da empresa Nicole Hollows.

“Moçambique tem recursos em carvão extremamente grandes, à semelhança da Mongólia, países para onde pretendemos ir”, afirmou Hollows em conferência de imprensa, para adiantar que a empresa já “espeitou” oportunidades de investimento naquele país africano.

A Macarthur Coal é responsável por um quinto das exportações mundiais de carvão e, tal como outras mineiras, está a enfrentar dificuldades crescentes em encontrar recursos disponíveis para exploração, dada a intensa concorrência entre as empresas do sector.

A bacia do Zambeze, no centro de Moçambique, é actualmente o foco do interesse dos projectos de exploração de carvão no país, entre os quais avulta o da brasileira Companhia Vale do Rio Doce, em Moatize, cujas reservas estão estimadas em 2,5 mil milhões de dólares.

Esta mina, que terá associado um terminal de exportação no porto da Beira, deverá produzir anualmente 26 milhões de toneladas métricas de carvão, a partir de 2010, tornando-se a maior do género no hemisfério sul.

Em actividades de prospecção na mesma zona, numa superfície superior a 67 mil hectares, encontra-se também um consórcio formado pelos sul-africanos da Belde e pela Central African Mining and Exploration Company. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH