Chinesa Sinopec e suiça Addax vão prospectar petróleo em São Tomé e Príncipe

8 March 2007

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 08 Mar – As petrolíferas Sinopec da China e Addax da Suiça iniciam em 2008 as perfurações em dois blocos de petróleo, na zona conjunta entre São Tomé e Príncipe e a Nigéria, anunciou quarta-feira em São Tomé um representante de ambas as companhias.

Em comunicado distribuído à imprensa, Jeff Schull informou a prospecção nos dois blocos envolverá ainda a empresa Aban Offshore da índia, especializada em perfurações de águas profundas.

No comunicado, Schull anuncia para sexta-feira próxima um encontro para informar as autoridades petrolíferas do arquipélago sobre as actividades de perfuração futuras.

Em Março de 2006, a estatal Sinopec adquiriu o direito de exploração do bloco 2 por 71 milhões de dólares de bónus de contrato, estando associada a outras empresas, caso da Addax Petroleum com 14 por cento.

Na mesma ronda de adjudicação, organizada pela Autoridade Conjunta de desenvolvimento – Nigéria e São Tomé e Príncipe, a Addax havia ficado com o bloco 4 por 90 milhões de dólares, com participação minoritária de outras companhias.

Na zona, existe ainda o bloco 3 adjudicado à Annadarko dos Estados Unidos por 40 milhões de dólares, com participação minoritária da Addax de 15 por cento.

Há poucos meses, a norte americana, Chevron-Texaco (EUA), anunciou a descoberta de petróleo, mas sem garantia comercial, na zona conjunta do golfo da Guiné, no bloco 1 que lhe custou 123 milhões de dólares de bónus de contrato. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH