Porto de Cabinda está a ser dragado para receber navios de maior porte

12 March 2007

Cabinda, Angola, 12 Mar – O porto de Cabinda está a ser dragado a fim de permitir a acostagem de navios de maior calado, afirmou sexta-feira em Cabinda a coordenadora-adjunta do porto, Lourdes Casimiro.

De acordo com a agência noticiosa angolana Angop, a ponte-cais tem 120 metros de comprimento e tem 4,80 metros de calado durante a maré baixa.

Os trabalhos em curso, no âmbito de uma remodelação profunda do porto de Cabinda, centram-se na remoção de areias no solo submarino a fim de se aumentar a profundidade para pelo menos 6 metros, permitindo assim a acostagem de navios de maior parte.

Devido à actual insuficiência, embarcações de maior calado ficam ao largo à espera da baldeação para outros mais pequenos, um processo demorado que acarreta riscos e prejuízos, havendo casos de queda de contentores ao mar.

Para a coordenadora-adjunta, após a conclusão total dos trabalhos a descarga dos navios será mais expedita, o que facilitará o trabalho dos despachantes junto da alfândega.

Com o cais melhorado, aliado a outras obras na sua estrutura, o porto de Cabinda, dada a sua excelente posição geográfica, estará em condições de angariar e prestar serviços as embarcações no eixo Marítimo Soyo/Cabinda/Boma/Matadi/Ponta Negra. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH