Fundação Lurdes Mutola pretende construir hotel de luxo em Maputo

14 March 2007

Maputo, Moçambique, 14 Mar – A Fundação Lurdes Mutola adquiriu as instalações da embaixada da antiga União Soviética em Maputo e projecta transformá-las num hotel de luxo, noticiou terça-feira em Maputo o boletim independente Mediafax.

O edíficio, que se encontra em avançado estado de degradação, depois de há 15 anos a Federação Russa ter montado a sua embaixada em novas instalações, está a ser examinado por uma equipa de consultores, que irá apresentar um relatório sobre qual a intervenção necessária para o transformar num hotel de luxo.

Uma avaliação preliminar prevê que seja necessário um investimento de 1,8 milhões de dólares, a somar aos 600 mil dólares que a Fundação pagou ao Estado moçambicano para adquirir o edíficio.

Bruno Macamo, director executivo da Fundação, disse ao Mediafax que a instituição que dirige vai ter de estabelecer parcerias com entidades moçambicanas ou estrangeiras a fim de viabilizar o projecto, que poderá passar pelo lançamento de um concurso público.

Quanto a prazos, Macamo disse apenas que todos os esforços estão a ser feitos no sentido de se terminar o processo de avaliação o mais depressa possível a fim de avançar para a fase seguinte, a da elaboração de um projecto.

A Fundação Lurdes Matola, que presta apoio aos mais desfavorecidos, foi criada pelo mais conhecida atleta de Moçambique, Maria de Lurdes Mutola, antiga campeã mundial dos 800 metros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH