Banco Mundial analisa projecto moçambicano de venda de energia eléctrica ao Malawi

28 March 2007

Maputo, Moçambique, 28 Mar – Uma missão do Banco Mundial deslocar-se-á a Moçambique em Abril para discutir as etapas da implementação do projecto de fornecimento de energia eléctrica ao Malawi, a partir da subestação central de Matambo, na província de Tete.

Avaliado em cerca de 60 milhões de dólares, o projecto compreende a construção de uma linha de transporte entre Moçambique e o Malawi, num percurso de 200 quilómetros, sendo que 60 porcento das obras serão em território moçambicano, e uma linha dupla de 220 Kv.

O administrador para o pelouro de Produção e Transporte de Energia na Electricidade de Moçambique (EDM), Augusto de Sousa Fernando, afirmou que caso o projecto da central térmica de Moatize, a ser construída pela Companhia Vale do Rio Doce (CVRD-Moçambique), entre em funcionamento, a linha vai ser utilizada para o fornecimento de energia a Tete, ao invés de se construir uma nova entre Moatize e Matambo.

Falando sexta-feira ao jornal Notícias, de Maputo, na cidade de Tete, o administrador explicou que o fornecimento de energia ao Malawi é um projecto 100 por cento da EDM, desde negociação, desenho da linha, estudo de viabilidade, implementação até à gestão dos contratos.

“É verdade que haverá alguma coordenação com a Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), proprietária da subestação de Matambo. A operação da linha será feita pelos funcionários da HCB, à semelhança do que acontece na linha para o Zimbabwe”.

Segundo a fonte, o projecto compreende duas linhas, sendo uma com dois circuitos contemplando a expansão da capacidade da subestação de Matambo para acomodar a ligação, e do lado do Malawi haverá uma subestação a ser edificada de raiz.

“Em termos de investimento dos 60 milhões de dólares, cerca de 25 ficarão do lado moçambicano”, indicou de Sousa Fernando, esclarecendo que o financiamento do projecto é liderado pelo Banco Mundial, embora existam outras entidades interessadas, como são os casos da ASDI (Agência Sueca de Desenvolvimento Internacional) e a NORD (Agência Norueguesa para o Desenvolvimento). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH