Administração do porto do Lobito pretende construir nova ponte-cais

29 March 2007

Benguela, Angola, 29 Mar – A administração do porto do Lobito projecta para os próximos cinco anos a construção de uma ponte-cais para o carregamento de minérios de alguns países da África Austral, afirmou em Benguela o director-geral do porto, José Carlos Gomes.

Falando à imprensa, José Carlos Gomes disse que a reconstrução do caminho-de-ferro de Benguela, cujas obras estão em curso, abre boas perspectivas para a empresa, visto que em breve as mercadorias de alguns países da região poderão ser embarcadas naquele porto.

A criação de um porto seco para mercadorias contentorizadas e viaturas é uma aposta da direcção da empresa, que, com esta medida, pretende evitar o congestionamento de mercadorias no principal recinto portuário, face ao afluxo de navios previstos nos próximos tempos.

Em 2006, o porto registou uma atracagem de mais de 800 navios de longo curso, cabotagem e de pesca. Actualmente o porto possui uma ponte-cais com capacidade de atracar oito navios de longo curso.

O porto do Lobito surgiu da necessidade dos países como a Zâmbia, Congo Democrático e outros do interior do continente austral escoarem as suas mercadorias, com destaque para o minério de Katanga. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH