Exportações chinesas para o Brasil batem recorde em Março

3 April 2007

São Paulo, Brasil, 03 Abr – As vendas da China para o Brasil alcançaram 942 milhões de dólares em Março, o maior valor já registado em um único mês nas transacções entre os dois países, de acordo com o governo brasileiro.

No mês passado, as exportações chineses para o país sul-americano cresceram 53,4 por cento em relação a Março de 2006. Com isso, elas superaram o recorde anterior, de Novembro de 2006 (854,2 milhões de dólares).

Essa evolução levou a China a retomar da Argentina o segundo lugar entre os principais fornecedores ao Brasil, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Os norte-americanos

venderam 1,451 mil milhões de dólares ao Brasil no terceiro mês do ano. A Argentina vendeu 898 milhões, 44 milhões atrás do gigante asiático.

As importações brasileiras somaram 9,532 mil milhões de dólares em Março deste ano, sendo que 9,7 por cento deste total foi desembolsado para adquirir produtos chineses, de acordo com o Ministério do Comércio Exterior do Brasil.

No acumulado dos três primeiros meses do ano, a China também fica na vice-liderança entre os fornecedores do mercado brasileiro, com 2,435 mil milhões de dólares, ainda distante dos 4,059 mil milhões dos Estados Unidos da América.

Já as exportações brasileiras para a China, em que se destacam o minério de ferro e a soja em grãos, somaram em Março deste ano 809 milhões de dólares, um avanço de 20,1 por cento em relação a igual mês de 2006, o que deixa a China atrás dos EUA (2,021 mil milhões de dólares) e da Argentina (1,156 mil milhões de dólares).

Com esses números, a China teve no mês passado um excedente de 133 milhões de dólares no comércio com o Brasil. Foi o sexto mês consecutivo em que os embarques da China superaram as compras de produtos brasileiros. Considerando todo o primeiro trimestre, a China já tem um saldo positivo de 522 milhões de dólares nas trocas comerciais com o Brasil.

O comércio entre a China e o Brasil atingiu 4,348 mil milhões de dólares no acumulado dos três meses deste ano, 37 por cento acima do primeiro trimestre do ano passado (3,178 mil milhões de dólares). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH