Angola e Arábia Saudita vão garantir o aumento de capacidade de produção da OPEP

13 April 2007

Londres, Reino Unido, 13 Abr – Angola e a Arábia Saudita vão assegurar o aumento da capacidade de produção da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), afirmou quinta-feira em Londres a Agência Internacional de Energia (AIE).

No seu relatório mensal sobre o mercado petrolífero, a AIE prevê que a capacidade de produção do cartel aumente 2,6 milhões de barris diários até final do próximo ano, numa altura em que o débito efectivo dos países-membros atingiu um mínimo de dois anos.

“A Arábia Saudita deverá sustentar a expansão da capacidade da OPEP, depois dos aumentos de curto prazo de Angola”, refere a AIE no relatório.

A capacidade dos países-membros deverá crescer 7,7 por cento, de 33,9 milhões de barris diários, no final de 2006, para 36,5 milhões em 2008, prevê a agência.

Angola e Iraque são actualmente os dois únicos países-membros da OPEP, que representa mais de 40 por cento da produção mundial de crude, que não estão sujeitos a quotas diárias de produção.

Esta semana, a OPEP revelou que uma das três principais variedades de petróleo angolanas deverá integrar o índice de referência de preços ainda este ano.

De acordo com os últimos dados da AIE, a produção da OPEP caiu no mês passado para um mínimo de dois anos, 30,1 milhões de barris diários.

Excluindo Angola e Iraque, a produção diária dos países-membros caiu em 220 mil barris, para 26,55 milhões.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH