Economia da China cresceu 11,1 por cento no primeiro trimestre de 2007

20 April 2007

Pequim, China, 20 Abr – A economia da China cresceu 11,1 por cento no primeiro trimestre de 2007, anunciou quinta-feira em Pequim o Instituto Nacional de Estatística chinês, com um alto responsável estatal a admitir a possibilidade de um sobreaquecimento económico.

“Se o rápido crescimento continuar por um período de tempo mais prolongado, existe o risco de passarmos de crescimento rápido para o sobreaquecimento”, disse Li Xiaochao, porta-voz do Instituto Nacional de Estatística.

O governo chinês impôs no início do ano um limite de oito por cento para o crescimento em 2007, que, tal como os limites anteriores para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), deverá ser ultrapassado.

De acordo com os analistas, o rápido crescimento económico deve-se ao aumento do consumo interno e à expansão do investimento em activos fixos e do excedente comercial, pondo em causa a eficácia das medidas de Pequim para prevenir o sobreaquecimento da economia.

A China, quarta maior economia do mundo, cresceu 10,7 por cento no total do ano passado, com a expansão no último trimestre de 2006 a fixar-se nos 10,4 por cento.

O crescimento de 11,1 por cento é o maior desde o terceiro trimestre de 2006, em que o PIB chinês cresceu 11.5, levando os analistas a recear que as medidas do governo chinês para arrefecer o crescimento económico têm tido até ao momento um impacto marginal. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH