Primeiro censo pós-independência em Angola poderá realizar-se em 2010

3 May 2007

Luanda, Angola, 03 Mai – Angola poderá realizar o primeiro censo populacional depois da independência em 2010, se até lá estiverem reunidas as condições técnicas para o efectuar, afirmou quarta-feira em Luanda a directora-adjunta do Instituto Nacional de Estatística (INE) angolano.

“Estamos a preparar as condições técnicas para a realização do mesmo. Existem várias premissas que temos que ter em conta para a realização do censo e uma das principais é a instalação dos serviços provinciais do INE”, afirmou a directora adjunta do INE, Marina Ferreira, em declarações à Rádio Nacional de Angola.

De acordo com Marina Ferreira, as actuais estruturas utilizadas para o registo eleitoral poderão ser reaproveitadas pelo INE para a sua instalação nas demais províncias do país, o que lhe poderá permitir ter as condições para realizar o censo em 2010.

“Iremos aproveitar as estruturas do registo eleitoral e algumas escolas, para a realização desse trabalho”, disse Marina Ferreira, que está a participar na reunião do Comité para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação, a decorrer em Adis Abeba, capital da Etiópia.

“Desde 1970 que não realizamos um censo. Nas condições actuais é difícil apresentarmos um número exacto da população em Angola”, disse a directora adjunta do INE.

Sem o censo, a população total de Angola tem de continuar a ser calculada por estimativa e, de acordo com Marina Ferreira, o país deverá ter 16,5 milhões de habitantes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH