Remessas de emigrantes moçambicanos na África do Sul ultrapassaram 285 milhões de dólares em 2006

3 May 2007

Maputo, Moçambique, 03 Mai – Os moçambicanos residentes na África do Sul mandaram para o país mais de 285 milhões de dólares em 2006, sendo os imigrantes que mais remessas enviaram ao nível da África Austral, refere uma pesquisa.

A análise, conduzida pela empresa de consultoria em assuntos económicos sul-africana Genesis Analytics aponta que, no total, os imigrantes da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) na África do Sul enviaram para os seus países mais de 857 milhões de dólares.

Depois de Moçambique, seguem-se os imigrantes do Lesotho no grupo dos que mais dinheiro enviou para as suas famílias no país de origem, com perto de 242 milhões de dólares, indica a pesquisa.

Os imigrantes da Suazilândia, com 61 milhões de dólares enviados, Botswana, 19 milhões de dólares, e Maláui, 8 milhões de dólares, também enviaram remessas significativas, para os seus países de origem, refere a Genesis Analytics.

A remessa de dinheiro através de “canais informais”, como táxis, amigos e familiares, é um padrão seguido por boa parte dos imigrantes da África Austral, devido à “reputação de fraude” com que são encarados os serviços de correios dos países da África Austral, destaca o estudo.

A investigadora Sarah Truen salienta que as remessas na SADC têm estado a estimular as iniciativas para o desenvolvimento regional. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH