Total conclui venda de participações em Angola à estatal Sonangol

11 May 2007

Paris, França, 11 Mai – A petrolífera francesa Total anunciou quinta-feira em Paris ter concluído a venda à estatal angolana Sonangol de uma participação de 27,5 por cento no Bloco 2/85 e a de 55,6 por cento na empresa Fina Petróleos de Angola (FPA).

Os activos da FPA consistiam na refinaria de Luanda, com uma capacidade de 2,6 milhões de toneladas por ano, e de duas concessões em terra perto do Soyo na bacia do Congo (49 por cento do Bloco FS e 32,67 por cento do Bloco FST).

A produção da Total correspondente à sua participação nos blocos 2/85 e FS e FST era, em 2006, de 6500 barris por dia.

No mesmo comunicado, a Total anunciou ainda ter assumido uma participação de 30 por cento, como operador, no bloco 17/06, juntamente com a Sonangol (30 por cento), SSI Seventeen (27,5 por cento), Falcon Oil (5 por cento), ACR (5 por cento) e Partex (2,5 por cento).

A Total também entrou no blocco 15/06, juntamente com a ENI (operador com 35 por cento), Sonangol (15 por cento), SSI Fifteen (20 por cento), Falcon Oil (5 por cento), Statoil (5 por cento) and Petrobras (5 por cento).

O Bloco 17/06 cobre aproximadamente 3100 quilómetros quadrados com profundidades entre 600 e 1900 metros e o Bloco 15/06 cobre 4200 quilómetros quadrados com profundidades entre 400 e 1500 metros, ficando ambos na bacia do Congo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH