BCP assina acordo para facilitar investimento da China em Angola e Moçambique

14 May 2007

Pequim, China, 14 Mai – O banco português Millennium BCP assinou sexta-feira em Pequim com o Conselho Comercial China-África um acordo de cooperação que abre possibilidade à criação de linhas de crédito para empresas chinesas que queiram investir em Angola e Moçambique.

O memorando de entendimento entre o banco português e o Conselho Comercial China-África (CABC, na sigla inglesa), uma organização não-governamental chinesa que procura ferramentas práticas de negócio para o comércio entre China e África, permite a utilização da sucursal de Macau do Millennium BCP para a oferta de produtos financeiros ligados ao negócio internacional, o que poderá incluir linhas de crédito.

“Queremos usar a nossa sucursal de Macau como plataforma de entrada para os empresários portugueses na China e para os empresários chineses que querem investir em África, Portugal e noutros países em que o BCP está presente”, disse Duarte Ferraz, director-coordenador da Direcção Internacional do Millennium BCP.

Empréstimos, “cash-management”, cartas de crédito, garantias bancárias, tudo o que envolve linhas de crédito para empresas está incluído no pacote do acordo, de acordo com Duarte Ferraz.

Além da cooperação no continente africano, ambas as partes estenderam a possibilidade de cooperação a outros países, como a Polónia, onde o BCP está presente.

A China é já o terceiro maior parceiro comercial do continente africano, a seguir à Europa e Estados Unidos.

De acordo com dados do Banco Africano para o Desenvolvimento, o comércio de África com a China disparou nos últimos anos, passando de 10 mil milhões de dólares em 2000 para 40 mil milhões de dólares em 2006. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH