Angolana Sonangol vai apoiar exploração petrolífera em São Tomé e Príncipe

16 May 2007

Luanda, Angola, 16 Mai – A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) vai alargar a sua cooperação à pesquisa, produção, refinação e transporte de petróleo em São Tomé e Príncipe, afirmou segunda-feira em Lunda Manuel Vicente, presidente da estatal petrolífera angolana.

Actualmente, a Sonangol tem-se limitado à distribuição de combustíveis em São Tomé e Príncipe através da Empresa Nacional de Combustíveis e Óleos (ENCO), onde a empresa angolana tem uma participação de 40 por cento.

De acordo com o Jornal de Angola, o alargamento da cooperação foi expressa por Manuel Vicente ao ministro dos Recursos Naturais e Ambiente de São Tomé e Príncipe, Manuel Lima.

Durante o encontro,os dois interlocutores abordaram a possibilidade de um novo plano para relançar a cooperação existente entre a concessionária angolana de combustíveis e a Petrogás,a companhia petrolífera estatal de São Tomé.

Com esta nova perspectiva de exploração de petróleo no arquipélago, Manuel Vicente afirmou que a Sonangol irá prestar todo o apoio necessário à Petrogás, sendo o objectivo tornar a companhia santomense uma referência na indústria petrolífera mundial.

São Tomé e Príncipe possui uma zona de exploração conjunta com a Nigéria, onde já foram adjudicados quatro blocos a companhias internacionais.

O maior consumidor de combustíveis no arquipélago é a Empresa Nacional de Água e Electricidade, que tem o monopólio da comercialização da energia eléctrica, numa produção sustentada em quase 80 por cento em combustíveis. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH