Missão a Xangai deve impulsionar compras de panificadores brasileiros na China

25 May 2007

São Paulo, Brasil, 25 Mai – Empresários que participaram da primeira missão enviada à China pela Associação Brasileira de Indústria da Panificação e Confeitaria preparam-se para regressar antes de Dezembro com planos de comprar máquinas chinesas , disse à Macauhub o presidente da entidade.

Alexandre Silva, dirigente da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip), esteve com outros 32 representantes de pequenas e médias empresas por dez dias na China, onde participaram da Bakery China, a maior feira de panificação da Ásia, que teve lugar em Xangai de 17 e 19 de Maio.

Alexandre Silva adiantou que alguns negócios já foram encaminhados e que um representante da associação ficou na China para obter preços e dar sequência às negociações.

Em Novembro, uma nova delegação brasileira voltará à China com o objectivo de fechar acordos.

Durante os dez dias em que estiveram na China, os pequenos e médios empresários brasileiros — maioritariamente dos Estados de Ceará (Nordeste), Minas Gerais (Sudeste) e Rio Grande do Sul (Sul) — visitaram diversas redes de panificadoras.

O dirigente empresarial disse acreditar que o Brasil pode se tornar um comprador constante dos produtos chineses uma vez que viram em Xangai “equipamentos de qualidade e diversidade”.

O presidente da Abip avalia que os negócios com a China tendem a intensificar-se uma vez que existe a possibilidade de uma parceria, em que os asiáticos poderiam adquirir tecnologia brasileira, tanto em equipamentos para produção de pão como em congelamento de massas.

Além de transferir tecnologia, os panificadores brasileiros também esperam despertar na China o interesse por seus produtos, tendo levado um pão típico brasileiro feito à base de queijo com sabores a pimenta, gengibre, alho, entre outros, para agradar ao paladar chinês.

Em 2008, os brasileiros pretendem voltar à Bakery China, mas deverão, além de analisar maquinários e equipamentos chineses, expor seus produtos. A intenção é montar um pavilhão na feira para facilitar a troca de informações e os negócios, disse Silva. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH