Banco Mundial e associações empresariais angolanas assinam acordos de cooperação

4 June 2007

Luanda, Angola, 04 Jun – O Banco Mundial e várias associações empresariais angolanas assinam, na primeira quinzena de Julho próximo, vários protocolos de cooperação na área do reforço e fortalecimento das capacidades do sector privado, informou sábado a agência noticiosa angolana Angop.

De acordo com o representante residente do Banco Mundial em Angola, Alberto Mora, no âmbito do processo de implementação da segunda fase do Projecto Multisectorial de Emergência e reabilitação em Angola (PMR2), avaliado em 102 milhões de dólares, para os próximos dois anos, a sua instituição vai centralizar as suas atenções no apoio ao sector privado, por ser uma das principais linhas de força dessa estratégia do banco.

Para Alberto Mora, a prioridade ao sector privado visa garantir ao país um desenvolvimento sustentável, assente na diversificação da economia fora do ramo mineiro, como a agricultura, indústria ligeira, serviços, entre outros.

De acordo com aquele responsável, o BM pretende, ainda este ano, disponibilizar 30 milhões de dólares para o sector agrícola, faltando apenas definir com o Governo angolano os pormenores finais do projecto a ser beneficiado por este financiamento.

Para o país, o Banco Mundial está a desenvolver duas actividades direccionadas para o sector privado, através do financiamento e do fortalecimentos institucional, mediante o reforço das capacidades, bem como através da elaboração de estudos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH