Angola acumulou 5400 milhões de dólares em divisas em 2006

5 June 2007

Luanda, Angola, 05 Jun – Angola acumulou 5400 milhões de dólares em divisas em 2006 sendo um dos países que mais contribuiu para o aumento das reservas e investimento na África a sul do Saara, de acordo com um relatório do Banco Mundial citado segunda-feira pelo Jornal de Angola.

O relatório Desenvolvimento das Finanças Globais (Global Development Finance) relativo a 2006 indica que as reservas em moeda estrangeira na região aumentaram 33 mil milhões de dólares com os maiores contributos a virem da Nigéria (5,9 mil milhões de dólares) e Angola e África do Sul, com 4,5 mil milhões de dólares cada.

Também Angola e Nigéria, bem como o conjunto dos países produtores de petróleo, são os “principais beneficiários” do forte aumento do fluxo de investimento directo estrangeiro para a região, na ordem de 43,5 por cento em relação ao ano anterior, para 18,5 biliões de dólares, refere o Banco Mundial.

“O investimento tem sido canalizado principalmente para países ricos em recursos e para extracção e serviços relacionados com esta actividade, na qual se registou uma triplicação de fusões e aquisições transfronteiriças na primeira metade de 2006”, adianta.

“Porque os elos entre a indústria mineira e a economia local são limitados, gerou-se um padrão de duas velocidades de crescimento distintas, com os sectores de recursos a crescerem mais rápido do que o resto da economia”, alerta o relatório.

Também o fluxo de capital privado para a região atingiu um recorde de 39,8 mil milhões de dólares, 5,6 por cento do PIB, mais um quarto do que em 2005, mas a proporção no total mundial manteve-se em 7 por cento.

Em relação à ajuda pública ao desenvolvimento destinada aos países da África Sub-Sahariana, em 2006 registou-se um recuo, depois do recorde de 13,2 mil milhões de dólares em 2005, e Moçambique e Guiné-Bissau estão actualmente entre os países mais dependentes da ajuda. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH