Terminal de Combustíveis do porto da Matola, Moçambique, vai ser ampliado

8 June 2007

Maputo, Moçambique, 08 Jun – Os Caminhos de Ferro de Moçambique lançaram um concurso de pré-qualificação para seleccionar os empreiteiros que possam realizar as obras de reparação e ampliação das instalações do Terminal de Combustíveis do porto da Matola, informou o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal adianta que os trabalhos a realizar têm em vista capacitar o terminal para responder às exigências do projecto de fornecimento de produtos petrolíferos à África do Sul e a outros países da região austral do continente africano.

Prevê-se que o projecto de canalização de combustíveis para os países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) via aquele terminal tenha início a partir de 2009, sendo obrigatório que todos os trabalhos de reparação e ampliação estejam concluídos antes daquela data.

O uso daquele terminal no fornecimento de produtos petrolíferos à África do Sul e a outros estados-membros da SADC insere-se no quadro da entrada em funcionamento do projecto Petroline, uma iniciativa que também envolve a empresa pública moçambicana Petromoc e vários outros parceiros.

Os CFM salientam que o concurso de pré-qualificação será conduzido de acordo com os procedimentos estabelecidos no novo regulamento de contratação de empreitada de obras públicas, fornecimento de bens e prestação de serviços ao Estado, devendo as propostas dos concorrentes ser entregues até 29 de Junho próximo.

Actualmente, o Terminal de Combustíveis da Matola tem capacidade para manusear um milhão de toneladas por ano, esperando-se que depois da remodelação a infra-estrutura possa movimentar cinco milhões de toneladas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH