Taxa de inflação volta a subir em Maio depois de dois meses em curva descendente

12 June 2007

Luanda, Angola, 12 Jun – Os preços voltaram a subir no mês de Maio em Angola, depois de uma tendência decrescente nos dois meses anteriores, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INEA) seunda-feira divulgados pela imprensa angolana.

A manter-se este ritmo, o governo angolano não conseguirá atingir o objectivo de terminar 2007 com uma taxa de inflação de dez por cento, tendo em atenção que a inflação homóloga (comparada com igual mês do ano anterior) se tem mantido estável acima dos 12 por cento.

Em Maio, a taxa homóloga foi de 12,37 por cento.

No entanto, ainda é cedo para perceber os efeitos das medidas implementadas pelo Banco Nacional de Angola (BNA), precisamente em Maio, para travar a subida da inflação, através de uma operação de venda de dólares que valorizou a moeda local (kwanza).

O BNA espera que, sendo a economia de Angola essencialmente importadora, uma moeda forte ajudará a embaratecer os produtos provenientes do estrangeiro, ajudando a travar a subida de preços ou até mesmo contribuir para os fazer descer.

De acordo com o INEA, o índice geral de preços no consumidor na cidade de Luanda (usado para o cálculo da inflação) subiu 0,88 por cento em Maio, depois de em Março ter registado um acréscimo de 0,80 e de 0,78 em Abril. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH