China é o terceiro destino de produtos agropecuários brasileiros

18 June 2007

São Paulo, Brasil, 18 Jun – A China é o terceiro maior importador de produtos agropecuários brasileiros, com 7,3 por cento do total das vendas do sector no período de Janeiro a Maio, de acordo com dados do Ministério da Agricultura do Brasil.

Considerando apenas o mês passado, a China adquiriu produtos agropecuários brasileiros no valor de 470 milhões de dólares, quase o mesmo montante dos Países Baixos (479 milhões) e 154 milhões de dólares a menos do que os Estados Unidos da América.

Nos cinco primeiros meses deste ano, o mercado chinês absorveu 1,6 biliões de dólares, atrás dos Estados Unidos, que lideram a lista com 2,6 biliões de dólares, e dos Países Baixos, com 1,9 biliões de dólares.

Os dados da balança comercial da agro-pecuária indicam ainda que o valor total das exportações do sector foi de 21,7 biliões de dólares de Janeiro a Maio, o que significou um aumento de 26,8 por cento em comparação com o mesmo período de 2006.

Em termos evolutivos, a China comprou 11,1 por cento a mais de Janeiro a Maio de 2007, em relação aos cinco primeiros meses do ano anterior, enquanto os EUA avançaram apenas 5,1 por cento e os Países Baixos compraram 34,3 por cento a mais.

Portugal aparece como um dos principais aumentos de importações do sector agropecuário brasileiro este ano, com uma compra 55,1 por cento superior à efectuada nos primeiros cinco meses de 2006.

Este ano, até o mês passado, o mercado luso aborveu 232,3 milhões de dólares em produtos agropecuários do Brasil.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, os sectores que tiveram maior evolução nos embarques para o exterior foram cereais, farinhas e preparações (103 por cento, passando para 444 milhões de dólares), sumos de frutos (78 por cento, para 1 bilião de dólares) e tabaco e seus produtos (42 por cento, para 666 milhões de dólares). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH