Câmara Brasil-China quer levar a Macau os empresários brasileiros da Feira de Cantão

21 June 2007

São Paulo, Brasil, 21 Jun — A Câmara Brasil-China de Desenvolvimento Económico(CBCDE) garantirá um espaço na Feira Internacional de Macau às empresas brasileiras que participarem da Feira de Cantão como expositoras, informou quarta-feira em São Paulo aquela entidade empresarial.

A CBCDE disponibilizará a empresas brasileiras um espaço de 100m² do complexo que acolherá a 102ª Feira de Cantão, que ocorre de 15 a 20 e de 25 a 30 de Outubro.

Já na 2ª Feira Internacional de Macau (FIM), de 18 a 21 de Outubro, o espaço, disponibilizado gratuitamente pela CBCDE, será menor, mas permitirá que os empresários apresentem materiais instituicionais e pequenas amostras.

A estratégia da CBCDE começou a ser divulgada esta semana e, de acordo com a câmara, companhias brasileiras já fizeram contactos demonstrando interesse em participar das duas feiras.

A CBCDE levou cerca de 30 empresários do Brasil à última edição da Feira de Cantão, em Abril.

Assim como em Abril, a próxima edição da Feira de Cantão terá, além do tradicional espaço para empresas chinesas, uma zona para que empresas estrangeiras exibam os seus produtos.

A CBCDE avalia que, na Feira de Cantão, os sectores mais atraentes para os brasileiros são de maquinaria e ferramentas, equipamentos electroelectrónicos, têxteis e roupas, alimentos, móveis, presentes e material de escritório. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH