Brasil quer receber 125 mil turistas chineses em 2010

22 June 2007

Pequim, China, 22 Jun – O Brasil pretende estar a receber 125 mil turistas chineses por ano em 2010, ultrapassando o número de turistas japoneses que visitam o país, afirmou quinta-feira em Pequim Laércio Branco, do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur).

“Daqui a cinco ou dez anos, é de esperar que mais turistas chineses do que japoneses visitem o Brasil”, disse aos jornalistas o representante do Embratur, à margem da sessão de inauguração da Feira Internacional de Turismo de Pequim (Bite 2007, na sigla em inglês).

Actualmente, o Japão é o maior mercado emissor de turistas da Ásia para o Brasil, com uma média anual de 74 mil turistas, de acordo com dados oficiais brasileiros.

Dados oficiais brasileiros indicam que em 2006 entraram no Brasil 37 mil turistas chineses, contra 18 mil visitantes no ano anterior.

A China atribuiu em 2005 ao Brasil o estatuto de destino turístico aprovado, que permite aos cidadãos chineses viajar em grupo sem necessidade de autorização de saída por parte de Pequim.

Laércio Branco afirmou que a Embratur vai aumentar a sua presença em acções de promoção, exibições e seminários na China em 2007 e 2008 para promover o Brasil enquanto destino turístico.

De acordo com Laércio Branco, a China é um mercado “emergente e de oportunidades” e está por isso entre os alvos do Plano Aguarela, a campanha de promoção turística do Brasil no estrangeiro, que a Embratur coordena com o apoio das embaixadas brasileiras e em parceria com operadores turísticos, agências de viagens e companhias aéreas, entre outras.

A Bite, que decorre na capital chinesa até sábado, conta com 800 expositores de 80 países e regiões e vem ganhando mais significado à medida que cada vez mais chineses viajam para o estrangeiro, graças ao crescimento económico da China. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH