Electricidade de Moçambique com perdas de mais de 6 milhões de dólares devido a roubos

2 July 2007

Maputo, Moçambique, 02 Jul – O roubo de cabos e outros equipamentos eléctricos custou à estatal Electricidade de Moçambique (EDM) mais de 6,5 milhões de dólares desde 2001, afirmou ao jornal Notícias, de Maputo, o presidente da empresa, Manuel Cuambe.

Só na primeira metade de 2007 o material roubado é estimado em 650 mil dólares com a mais recente vaga de assaltos a centrar-se no roubo do óleo existente nos transformadores eléctricos.

Em entrevista publicada na edição de sexta-feira do jornal, Manuel Cuambe afirma que cada transformador custa 400 mil meticais (cerca de 16 mil dólares), que têm de ser importados, “o que leva o seu tempo” e advertiu que a prazo “poderemos ter bairros sem energia eléctrica por períodos longos”.

A maior parte do material roubado é feito de cobre ou de alumínio sendo algum fundido para fazer panelas e tachos e outro vendido a ferros-velhos.

O presidente da EDM acreditar estar-se na presença de crime organizado, apontando como prova os camiões carregados de materiais eléctricos que foram interceptados quando seguiam para a Suazilândia.

“Não afirmo que todos os ferros-velhos estão envolvidos na receptação de material roubado mas alguns estão-no de certeza”, afirmou Cuambe, que exigiu uma punição exemplar para todos quantos sejam apanhados a roubar equipamento da rede eléctrica. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH