Companhias aéreas europeias continuarão a operar em Angola, garante ministro das Relações Exteriores

9 July 2007

Luanda, Angola, 09 Jul – O ministro das Relações Exteriores de Angola, João Bernardo Miranda, garantiu sexta-feira em Luanda que as companhias aéreas europeias continuarão a operar em Angola, afastando qualquer acção de “retaliação”.

“Penso que no caso vertente não se aplica a situação de retaliação. Não há este expediente. As companhias aéreas europeias vão continuar a operar normalmente”, salientou João Miranda, em declarações aos jornalistas.

O chefe da diplomacia angolana reagia à interdição imposta pela Comissão Europeia à transportadora aérea angolana (Taag), em vigor desde a passada sexta-feira, dos seus voos sobrevoarem o espaço europeu.

João Miranda afirmou que, “este dossier está encerrado, pois há uma decisão do Comité de Segurança Aérea sancionada pelo comissário respectivo e é uma decisão irrecorrível”.

“Vamos esperar que a Taag cumpra as performances exigidas e nos próximos tempos possa reatar os seus voos para o espaço europeu”, frisou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH