Transportadora aérea angolana inicia voos para a China e Dubai para rentabilizar aviões

10 July 2007

Luanda, Angola, 10 Jul – A Linhas Aéreas de Angola (Taag) vai inaugurar duas rotas internacionais para a China e para Dubai para rentabilizar as suas operações, face à proibição dos seus aviões de sobrevoarem o espaço europeu, revelou segunda-feira em Luanda fonte da companhia.

“Vamos abrir duas novas rotas internacionais, uma para a China e outra para o Dubai, tendo em vista a rentabilização dos nossos serviços devido à actual situação que a companhia atravessa”, disse a directora do gabinete de Comunicação e Imagem da Taag, Agnela Barros.

A porta-voz da TAAG, que se escusou a adiantar a data do início dos voos, disse que a transportadora aérea angolana fará essas voos com os aviões Boeing 747 que, actualmente, asseguram as operações para o Brasil.

“Vamos dar prioridade aos voos para a China, Dubai e Brasil com os dois aviões Boeing 747 que possui uma versão “combi” que transporta especialmente carga, porque é aí onde ganhamos mais, isto em relação ao transporte de passageiros”, afirmou Agnela Barros.

A Taag observa está desde sexta-feira passada proibida pela Comissão Europeia de sobrevoar o espaço europeu, devido a diversas falhas de segurança detectadas pela França. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH