Japão vai dar 1,1 milhões de dólares a Moçambique para a destruição de pesticidas

11 July 2007

Maputo, Moçambique, 11 Jul – O governo do Japão vai financiar com 1,1 milhões de dólares a destruição de 334 toneladas de pesticidas obsoletos recolhidos no sul, centro e norte de Moçambique, revelou terça-feira em Maputo o Ministério para a Coordenação da Acção Ambiental.

Em comunicado, o ministério informa que a operação enquadra-se na III Fase do Projecto de Remoção e Prevenção de Acumulação de Pesticidas, desenhado pelo governo moçambicano, para livrar o país deste tipo de materiais nocivos.

Os resíduos que serão eliminados foram recolhidos em vários pontos das três regiões do país e acumulados em cinco armazéns, no âmbito da II fase do referido projecto, refere ainda a mesma nota de imprensa.

A primeira etapa consistiu na identificação e inventário dos pesticidas existentes em Moçambique, que recebeu nas décadas de 1970 e 1980 grande parte deste material do ex-bloco socialista do Leste Europeu, como fertilizantes para os seus programas de desenvolvimento agrícola.

O acordo de financiamento da III Fase do Projecto de Remoção e Prevenção de Acumulação de Pesticidas será assinado no dia 11 do corrente mês em Maputo entre os governos japonês e moçambicano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH