Brasileiras Queiroz Galvão e Odebrecht recuperam estradas e estruturas básica no Kwanza Sul em Angola

13 July 2007

Sumbe, Angola, 13 Jul – A subsidiária angolana da brasileira Queiroz Galvão vai construir 212 quilómetros de estrada ligando as localidades de Gabela, Kibala e Mussende, na província do Quanza Sul, anunciou quinta-feira o director do Instituto de Estrada de Angola (INEA), Joaquim Sebastião.

A Queiroz Galvão Angola vai empregar cerca de 600 trabalhadores para a obra que será dividida em duas fases sendo a primeira no troço Gabela a Kibala (77 quilómetros) e o segundo de Kibala ao Mussende (35 quilómetros).

As obras começam em Agosto e deverão terminar em 2010 num investimento de 128 milhões de dólares.

O projecto compreende também a reabilitação de seis pontes e dez pontões no mesmo troço rodoviário.

A estrada a ser reabilitada é uma via considerada fundamental ao relançamento da actividade agrícola na província, do Kwanza Sul.

O governo de Angola adjudicou igualmente à companhia brasileira Odebrecht, por cerca de 300 milhões de dólares, o projecto de reabilitação das infra-estruturas básicas das cidades do Sumbe, Porto Amboim e Gabela no Kwaanza Sul.

Os projectos contemplam a reabilitação dos sistemas de drenagem de águas pluviais, rede de esgoto, iluminação pública, estação de captação de água, pavimentação das vias e reparação de passeios das três cidades. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH