Governo de Moçambique lançará este ano novo concurso para pesquisa de petróleo e de gás

16 July 2007

Washington, Estados Unidos da América, 16 Jul – O governo de Moçambique vai lançar ainda este ano um novo concurso internacional para a prospecção de petróleo e gás em diversas regiões do país, anunciou sexta-feira em Washington o presidente Armando Guebuza.

Falando num seminário sobre as potencialidades de Moçambique, Guebuza instou os empresários norte-americanos das companhias petrolíferas a investirem as suas acções no país.

O chefe de Estado moçambicano esteve nos Estados Unidos para testemunhar a assinatura de um acordo de financiamento com a Millennium Challenge Corporation (MCC), avaliado em 506,9 milhões de dólares atribuído a países com bons índices de desenvolvimento.

Recentemente, a Anadarko, uma das principais companhias norte-americanas de petróleo, a ENI, da Itália, Norsk Hydro e a DNO, ambas da Noruega, a Petronas, da Malásia, e a Artumas, do Canadá, venceram concursos lançados pelo executivo moçambicano para a prospecção petrolífera na bacia do Rovuma, no norte do país.

No entanto, de acordo com Armando Guebuza, há necessidade de se abrir um novo concurso internacional para que mais empresas concorram à realização de pesquisas no território moçambicano, onde “há fortes indicações de existência de outras reservas naturais” de petróleo e gás.

Relativamente ao gás, destacou, a petroquímica sul-africana Sasol está a fazer exploração em Temane e Panda, na província de Inhambane, sul de Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH