Cervejeiras angolanas apostam na expansão e modernização

25 July 2007

Luanda, Angola, 25 Jul – A expansão e modernização das cervejeiras Eka e CUCA está avaliada em mais de 134 milhões de dólares, no âmbito de programas de investimento recentemente aprovados pelo governo de Angola.

De acordo com a agência noticiosa angolana Angop, o projecto de investimento privado da Empresa Angolana de Cerveja (EKA) tem o valor de 42 milhões de dólares e o da CUCA, da Companhia União de Cervejas de Angola, está orçado em 92 milhões.

Os padrões de qualidade da cerveja CUCA ganharam novo alento em 2005 com a implementação de uma nova linha de enchimento com tecnologia avançada, adquirida pela BGI.

A linha de enchimento, além dos altos padrões de qualidade do produto, permitiu também o aumento da produção global, cifrada em dois milhões de grades/mês de cerveja CUCA e Sagres, em lata e garrafa.

As mudanças no sistema de produção geraram empregos, já que permitiram à CUCA laborar em pleno e sem interrupção, incluindo sábados e domingos, com 3/4 equipas, também viradas para a manutenção e higienização da própria linha. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH