Arquitecto Oscar Niemeyer deve assinar projecto da nova capital angolana

31 July 2007

São Paulo, Brasil, 31 Jul – O governo de Angola pediu a Oscar Niemeyer um projecto para a construção da nova capital, confirmou à macauhub o arquitecto brasileiro, de 99 anos, que projectou Brasília na década de 1950.

“Realmente, houve o convite das autoridades de Angola, mas não há nada definido ainda”, afirmou o arquitecto responsável pela idealização da capital brasileira, onde estão alguns de seus edifícios mais importantes.

É do arquitecto brasileiro, por exemplo, o projeto da sede do Partido Comunista francês, além de inúmeras obras no Brasil e em outros países.

Os projectos incluem até a criação de uma cidade no deserto israelita de Neguev, que nunca saiu do papel.

A imprensa brasileira noticiou na última semana que o governo angolano convidara Niemeyer para o projecto da nova Luanda.

A ideia é criar uma cidade para 2 milhões de habitantes a partir de uma área totalmente desocupada. A capital de Angola seria quatro vezes maior do que Brasília, inaugurada em 1960.

Apesar da rotina activa no seu escritório de arquitectura, dos trabalhos em diversas partes do mundo ao longo de sua carreira e do reconhecimento internacional, Niemeyer disse que não pretende mais viajar para realizar os projectos.

“Não quero mais ter tanto trabalho. Vou esperar o material que vão me mandar de Angola para resolver. Só aí é que poderei pensar num esboço e no projeto”, disse o arquiteto à macauhub.

Entre os materiais a serem enviados para o escritório de Niemeyer, na cidade do Rio de Janeiro, estão mapas da área em que deve ser construída a nova capital angolana, medições, fotos e análises técnicas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH