Ministros das Finanças de África defendem mais apoio do Banco Mundial nas infra-estruturas

2 August 2007

Maputo, Moçambique, 02 Ago – Os ministros das Finanças de África lamentaram quarta-feira em Maputo a “falta de resposta” do Banco Mundial (BM) a projectos de financiamento para infra-estruturas, apontando as insuficiências nesta componente como um obstáculo à redução da pobreza.

O pouco empenho do BM e de outras instituições financeiras internacionais no apoio ao desenvolvimento de infra-estruturas em África foi criticado no encerramento do Fórum Anual dos Ministros das Finanças e Governadores dos Bancos Centrais de África, também conhecido como African Caucus, que vinha decorrendo na capital moçambicana, desde o dia 31 de Julho passado.

Falando numa conferência de imprensa na qualidade de presidente do referido Fórum, o ministro moçambicano das Finanças, Manuel Chang, afirmou que os governos africanos vão apresentar ao BM e ao Fundo Monetário Internacional (FMI) uma proposta de aumento de apoios ao desenvolvimento de infra-estruturas em África.

África fará o pedido em Outubro próximo em Bretton Woods, no estado de New Hampshire, sede do BM e do FMI, durante a reunião anual das principais instituições financeiras internacionais.

“É necessário dispor-se de mais recursos para que os países africanos possam acorrer a situações de financiamento de infra-estruturas”, sublinhou o ministro moçambicano das Finanças.

Para os titulares do pelouro das Finanças de África, “o grupo do Banco Mundial precisa de fazer reflectir adequadamente o défice de infra-estruturas na ampliação do mecanismo empresarial de financiamento e simultaneamente redobrar esforços no sentido de mobilizar mais recursos financeiros”.

No encontro de Maputo, os responsáveis africanos denunciaram igualmente a perda de influência do continente nas decisões do BM e do FMI, imputando essa situação ao facto de o poder da instituição ser determinado pelos países que mais contribuem financeiramente, através do chamado voto por quotas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH