Mais de uma centena de concessões diamantíferas disponíveis em Angola

14 August 2007

Luanda, Angola, 14 Ago – Mais de 100 concessões mineiras estão disponíveis em Angola, afirmou este fim-de-semana o Jornal de Angola citando dados da concessionária nacional de diamantes, Endiama.

As concessões estão localizadas em 14 províncias do país, com um potencial enorme para exploração aluvionar e depósitos de ocorrências kimberlíticas.

Actualmente, encontram-se em fase de execução apenas 61 projectos dos quais 14 em fase de produção, 17 para exploração e 30 numa fase inicial.

O objectivo da Endiama é tornar-se num dos maiores produtores de diamantes do mundo, com a contribuição de investimentos estrangeiros.

Desde 2006, a produção anual da concessionária tem crescido aproximadamente 30 por cento prevendo-se que até 2009 a produção atinja entre 17 e 19 milhões de quilates.

Em 2007, as receitas diamantíferas poderão atingir 1200 milhões de dólares resultante da produção de 9,41 milhões de quilates.

De acordo com o director de Planeamento e Investimento da Endiama, Alberto Fançony, o sub sector vai contribuir com 150 milhões de dólares para o Orçamento Geral do Estado (OGE) deste ano.

As reservas diamantíferas angolanas em quimberlitos (rochas-mãe de onde são extraídos os diamantes) estão estimadas em cerca de 50 milhões de quilates, enquanto as reservas em aluviões estão calculadas em 40 milhões de quilates.

Estudos já realizados admitem, no entanto, que estas reservas poderão ser substancialmente superiores, atingindo 220 milhões de quilates em quimberlitos e 150 milhões de quilates em aluviões. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH