Grupo investe em Angola no engarrafamento de água mineral

15 August 2007

Luanda, Angola, 15 Ago – O grupo Fernando Borges e Macedo vai investir 300 milhões de kwanzas (4 milhões de dólares) na montagem da segunda linha de enchimento de água mineral, no munícipio de Humpata, província da Huíla, noticiou o Jornal de Angola.

Com a nova linha de enchimento, o grupo vai aumentar a produção mensal para dois milhões de litros de “Água da Chela”, uma marca que surgiu na província da Huíla e circula no mercado angolano há mais de três anos.

O director-geral do grupo, Jorge Chaves, disse que o investimento anunciado, além da montagem da linha de enchimento, servirá igualmente para suportar os encargos relacionados com a aquisição do equipamento moderno, formação técnica do pessoal e outros.

A produção actual da “Água da Chela” anda à volta dos 600 mil litros mês, quantidade que já se tornou incompatível com a grande procura dos principais mercados, entre eles a Huíla, Namibe, Cunene, Benguela, Lobito e Luanda. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH