Resultados positivos nas pesquisas de petróleo no “on-shore” de Cabinda

21 August 2007

Luanda, Angola, 21 Ago – As primeiras pesquisas de petróleo no “on-shore” de Cabinda, que arrancaram em Junho, tiveram resultados positivos, anunciou segunda-feira em Luanda a operadora Roc Oil.

De acordo com dados da empresa australiana, no poço Massambala-1, a uma profundidade de aproximadamente 415 metros, foram encontrados “bons indícios de petróleo”.

Contudo, adianta a Roc Oil, não há indícios de que a “zona represente uma forte acumulação petrolífera ou, possivelmente, uma coluna de petróleo residual”.

Após completados os trabalhos no primeiro poço, a plataforma da Roc Oil irá deslocar-se para o Cevada-1, na zona Leste do Bloco Cabinda Sul.

Antes do final do mês irá arrancar ainda a sondagem do poço Soja-1, o terceiro dos cinco a serem abertos nesta fase da exploração.

A Roc Oil tem 60 por cento do bloco, e estatuto de operador; tem como parceiros a Sonangol (20 por cento) e a Force Petroleum (20 por cento).

Os trabalhos de exploração no “on-shore” de Cabinda, intacto há 35 anos, envolvem um investimento de 54 milhões de dólares.

Para financiar as operações, a ROC aumentou o seu capital com a emissão de 28 milhões de acções no mercado de Londres.

Interessada na exploração do “on-shore” de Cabinda, região que representa mais de metade das exportações petrolíferas angolanas, está também um consórcio liderado pela norte-americana Devon Energy Corp. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH