Banco Mundial vai ajudar pequenas e médias empresas em Moçambique

24 August 2007

Maputo, Moçambique, 24 Ago – A Corporação Financeira Internacional e um conjunto de grandes empresas a operarem em Moçambique assinaram quarta-feira em Maputo um novo acordo de cooperação a fim de ajudar a criar pequenas e médias empresas (PME).

Ao abrigo do novo acordo, que fica sob a responsabilidade da Corporação Financeira Internacional (IFC, na sigla em inglês), do Banco Mundial, as PME serão ajudadas a obter contratos junto das grandes empresas a operar em Moçambique.

Assinaram o acordo do director da IFC para Moçambique e Angola, Tunde Unitiri, e representantes da fundição de alumínio Mozal, Cervejas de Moçambique, Coca-Cola e Sasol, da África do Sul.

Falando na cerimónia, Unitiri disse que o programa foi iniciado em Moçambique há quatro anos e que hoje inclui 20 PME e adiantou ser sua expectativa que este novo acordo inclua pelo menos uma centena de PME que irão beneficiar de um investimento de 20 milhões de dólares nos próximos três anos.

As PME de Moçambique pouco têm beneficiado dos grandes projectos em Moçambique uma vez que estes tendem a abastecer-se no exterior, particularmente no mercado da África do Sul.

Isto fica a dever-se à incapacidade das PME em participarem no processo complexo dos concursos, de não respeitarem as normas de qualidade e as datas de entrega, de terem uma gestão fraca e de não disporem de capital.

Este programa, adiantou Unitiri, irá ajudar PME de Moçambique a alcançarem, nomeadamente, os níveis de qualidade exigidos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH