Governo de Cabo Verde aposta na energia eólica

29 August 2007

Praia, Cabo Verde, 29 Ago – O governo de Cabo Verde assinou terça-feira com a InfraCo, uma multinacional com sede em Londres, e com a empresa de electricidade e água, Electra, um acordo para o desenvolvimento conjunto de um projecto de aproveitamento das energias renováveis.

O acordo vai permitir instalar quatro parques eólicos nas ilhas de Santiago, São Vicente, Sal e Boa Vista no próximo ano, o que, de acordo com o Ministério da Economia, Crescimento e Competitividade, “contribuirá para uma taxa de penetração da energia eólica de aproximadamente 18 por cento”.

Com este projecto, o governo de Cabo Verde pretende aproveitar as energias renováveis, reduzir o custo de produção da energia eléctrica e minimizar os efeitos nocivos sobre o ambiente, conforme disse o director-geral de Energia, Abraão Lopes.

“A grande vantagem que esta exploração tem está ligada a redução de custo de energia, ao aumento da potência instalada, mas também a redução dos efeitos nocivos sobre o ambiente com a diminuição do uso dos combustíveis”, disse.

“Estamos a prever instalar pelo menos 22,5 megawatts de potência, aumentando a taxa de energia eólica produzida no país de três para 18 por cento”, afirmou Abraão Lopes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH