Satélite sino-brasileiro vai vigiar o desmatamento da Amazónia

5 September 2007

São José dos Campos, Brasil, 05 Set – O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) do Brasil marcou para qualquer momento entre os dias 19 e 21 deste mês o lançamento do satélite brasileiro CBERS-2B, que deverá ampliar as observações sobre a Amazónia e coibir o desmatamento irregular.

O satélite será lançado a partir da base chinesa de Taiyuan, na província de Shanxi, a sul de Pequim.

O CBERS-2B (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres, na sigla em inglês) foi montado nos laboratórios do Inpe, em São José dos Campos, e seguiu de avião para a China em Abril.

Ele é vital para a manutenção da vigilância sobre a Amazônia, uma vez que os dois principais satélites utilizados actualmente (Landsat-5 e CBERS-2) podem parar de funcionar a qualquer momento.

A partir de 2008, o satélite deve fornecer imagens para detectar e fiscalizar o corte selectivo de madeira – no qual apenas as árvores de maior valor comercial são removidas, sem destruição da cobertura florestal, o que dificulta a observação via satélite. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH